Translate

O que você procura!

Inscreva-se por Email

06 dezembro 2015

UM DIA COM O POETA

Dê-me poeta ,sua mão amiga
E irmão irmã ,
descanse na minha ternura
sua fadiga.

Abandonemos as preocupações dirigidas ,
as lutas sem leme ,
as impaciências atormentadas ,
as hipocrisias aplaudidas !

Deixemos para trás
a fobia dos passos asfaltados ,
e as vestes indecorosas  ,
das manchetes dos jornais.

E no ultimo voo dos pirilampos ,
caminhemos poeta !
Cubramos nossa nudez civilizada
com a túnica das Emoções...
E pés calçando Devaneios ,
deixemos que de clorofila
embriague nossa solidões!

Abraçando velhos e nodosos troncos ,
ouviremos a história
dos séculos caminhantes...
E na ternura de desertas campinas ,
sentiremos infinitas vidas crepitantes !

Deitaremos na terra úmida
pelo hálito morno da floresta,
ou na areia molhada
pelo sêmen do mar!
E hão de tremer nossas carnes ,
ante o mistério de mundos desvendados!

Telegrama de espumas ,
nos trará mensagens submarinas ;
E o coração do oceano auscultaremos ,
quando o planeta se envolver em brumas !

Ah ! .... feche os olhos poeta !....
quando o planeta se envolver em brumas
e surgir o primeiro pirilampo.



Véra Mazzieri

Ler é muito bom , seja para adquirir conhecimento para viajarmos na nossa imaginação ou apenas para ter informação.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...